Aplicativo de transporte indenizará passageiro que recebeu cobranças indevidas

Categoria: Notícias
Postado aqui: Sexta, 09 Março 2018

O 2ª Juizado Especial Cível da Comarca de Rio Branco julgou parcialmente procedente a pretensão deduzida no Processo n° 0602610-76.2017.8.01.0070 e condenou o Uber do Brasil Tecnologia Ltda a pagar à W.P.M. o valor de R$2.669,56, a título de indenização por danos materiais e R$4 mil, por danos morais.

O autor alegou que houve ato fraudulento, pois várias pessoas utilizaram os dados de seu cartão de crédito. Ele solicitou o cancelamento das suas informações bancárias no aplicativo e não foi atendido, o que permitiu a continuidade de cobrança de mais débitos.

Veja a matéria completa no TJAC

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

I like very much this iPage Hosting Review because this is based on customer experience. If you need reliable web hosting service check out top list.